quinta-feira, 26 de maio de 2011

Cupcake Brownie !!!

Bom gente voltando a postar, e claro começo logo por algo que nossa colega Saam e apaixonada por acaso e brownie, e posso fala ela faz uns  maravilhosos e sempre que posso como muito mas muito mesmo.
Esses dessa vez ela não pode comer. Pois eu fiz e era para uma encomenda e pode acreditar fiz uns 80 durante umas 3 horas seguidas pra poder entregar junto com o doce de um casamento. Tente imaginar fazer 500 doces para entregar e eles. Meio loucura, mas deu certo.


Ingredientes:
4 ovos inteiros 
1½ xícara (chá) de farinha
2 xícaras (chá) de açúcar
1 xícara (chá) de chocolate em pó
1 xícara (chá) de cacau em pó
1 xícara (chá) de gotas de chocolate
1 xícara (chá) de xerem de caju
6 colheres (sopa) de manteiga
1 colher (chá) de essência de baunilha
1 colher (café) de canela
1 colher (café) de sal
Na batedeira bata sempre em velocidade baixa.
Primeiramente bata os ovos e o açúcar, aos poucos agregue a farinha, bata mais um pouco, depois coloque o chocolate em pó e o cacau, misture mais um pouco. Entre agora com a essência, sal e a canela deixe misturar sempre em velocidade baixa, acrescente a manteiga e por ultimo as gotas de chocolate e o xerem de caju, nessa ultima parte quando colocar as gotas e o xerem aumente a velocidade apenas para que se misturem bem a massa toda.
Disponha nas formas deixando 1 dedo de folga em cada uma. bom posso fala a verdade eu quase não deixei pois não cresce tanto então fique a vontade para a quantidade que quiser.
Assar em forno 180°C por 20 minutos ou ate ele perde o brilho. Truque pegue um palito e fure quando ele apenas grudar bem pouco no palito esta pronto.
A cobertura deixo a escolha de vocês essa era um ganache de chocolate e bolinha de açúcar.
Bom apetite pra vocês.

Ass: Guilherme

Pedido de desculpas

Oi pessoal!
primeiramente venho pedir desculpas por ter deixado o blog um tempo de lado, mas foi devido alguns problemas tanto na faculdade quanto problemas pessoais. Mas prometi a Saam que iria cuidar do blog e vou fazer isso daqui pra frente, então tentarei sim postar toda a semana mesmo que seja algo fácil.


Ass: Guilherme

segunda-feira, 25 de abril de 2011

Novos Posts Chegando!!

Oi pessoal tudo bem sei que ando meio sumido, mas foi devido alguns problemas, semana de provas e encomendas na oficina gourmet, bom, to com um pequena problema so para passar as imagens para o computador mas teremos ai fotos de doces de um casamento, um super cupcake de brownie e outras coisinhas, agora e so eu resolver esse probleminha e teremos coisas novas!

abraço a todos e obrigado pela paciência.
 assinado Guilherme

terça-feira, 5 de abril de 2011

Postagens

Oi pessoal!!

Bom venho por esse post avisar que estamos resolvendo as  receitas que viram por ai, isso porque nossa queria Saam esta em Paris, chegou hoje dia 5 de Abril, ela pediu para dar noticias e que logo novos posts viram, e só eu conseguir as fotos que estão com ela.
Assim que eu conseguir posto elas e claro vou fazer algumas por aqui pra vocês.

sexta-feira, 1 de abril de 2011

Cebola recheada!

Bonjour mes petites!
Sim, já estou tentando entrar no clima francês, haha.
Essa semana a despensa aqui em casa estava meio escassa, então praticamente fiz mágicas a cada dia no almoço e jantar para não ficarmos na mesmice, e foi em uma dessas mágicas e olhando a geladeira e pensando que encontrei um saco de cebolas, bem grandonas e bonitas, pensei que seriam elas as escolhidas do momento, pega um pouquinho aqui, outra coisa ali e voilà, eis que surge a ideia de fazer cebolas recheadas... e assadas!!!
O almoço acabou se tornando uma delícia, com direito a repeteco a noite.


Cebola recheada
3 cebolas grandes, cortadas ao meio, horizontalmente
azeite a gosto
200g de queijo parmesão ralado
100g de bacon, cortado em cubos pequenos e fritos


Lave bem as cebolas, corte suas extremidades, para que possam ficar em pé na assadeira sem balançarem. Corte ao meio, no sentido horizontal, obtendo assim duas partes de cebola. Regue com um pouco de azeite cada parte da cebola, coloque em uma assadeira forrada com papel alumínio e leve ao forno médio, 200 graus, por cerca de 20 minutos, até que a casca da cebola enrugue um pouco e o miolo esteja macio. Retire do forno, mas não o desligue. Com cuidado, retire o miolo das cebolas, tomando o cuidado para não rasgar o fundo. Corte o miolo da cebola, misture com o queijo ralado e recheie as cebolas, salpique os pedacinhos de bacon por cima e volte ao forno para gratinar, até que o queijo derreta e esteja levemente dourado.

Rendimento: 3 porções

domingo, 27 de março de 2011

Panquecas doce!

Fiz essas panquecas no final de semana passado por dois motivos, o primeiro para fazer um agrado ao meu namorado que sempre teve vontade de comer panquecas in a good american style! Além do que, eu também estava morrendo de vontade.
Usando mais uma vez um dos melhores livros que já vi, achei essa receita de panquecas bem fofinhas, fáceis e com buttermilk na massa. Sempre tive receio de usar buttermilk - também conhecido com leitelho aqui no Brasil - mas agora que usei, quero fazer tudo que vá o dito cujo na massa.
Tivemos um delicioso e doce sábado, regado com muitas risadas e lambanças na cozinha.


Panquecas
200g de farinha de trigo com fermento
30g de açúcar
2 ovos grandes
200ml de buttermilk *
60g de manteiga derretida

Peneire a farinha de trigo em uma tigela e acrescente o açúcar. Bata os ovos com 2 colheres (sopa) de buttermilk e acrescente aos ingredientes secos. Misture e acrescente o restante do buttermilk, batendo em e então acrescente a manteiga derretida.
Aqueça uma frigideira antiaderente e coloque cerca de 3 colheres (sopa) de massa, distantes umas das outras, e cozinhe até ficarem douradas por baixo e com bolhas na superfície.
Vire as panquecas para dourar o outro lado. Retire da frigideira e mantenha as aquecidas cobertas com um pano de prato enquanto prepara as demais.
Sirva as panquecas ainda quentes, acompanhadas de geléia de frutas vermelhas, frutas, calda de chocolate ou o que lhe vier a mente.

* Para o buttermilk ou leitelho, faça o seu em casa, adicionando 1 colher (sopa) de suco de limão ou vinagre a 250ml de leite e deixe descansar por 5 minutos.

Rendimento: cerca de 16 panquecas feitas com 3 colheres (sopa) de massa.


Fonte: um tiquinho de nada adaptado do Cooking: Segredos e Receitas

Sumiço!

Oi pessoal! ;)
Depois de quase duas semanas eu voltei!!
Sinto muito pelo sumiço, pela falta de posts, comentários e o cuidado em responder a cada um de vocês, que me fazem tão feliz e orgulhosa das pequenas coisas que criamos em nosso dia a dia
Toda a minha falta com vocês se deve a falta de tempo, não cheguei a comentar aqui com vocês, mas em breve estarei partindo em uma 'aventura' e estarei dando um grande passo em minha frente, em breve, mais precisamente, dia 4 de abril, daqui uma semana estarei embarcando rumo à França!! Serão 6 meses de estágio em um hotel lindo de morrer, o Chateau Eza, localizado em um vilarejo no sul da França.
E é por tudo isso que me vi totalmente sem tempo, correndo de Indaiatuba à São Paulo, solicitando visto, comprando passagem, vendo malas e tudo aquilo que se é necessário nos últimos dias. 
Sempre que parava para pensar em meu querido cantinho aqui me apertava o coração em tê lo deixado ao relento, mas agora na minha semana derradeira quero voltar a todo vapor, conversar com todos aqueles que vem aqui me dar apoio e dizer que esse cantinho feito com todo carinho não será abandonado, de forma alguma, na medida do possível eu estarei aqui, conferindo tudo, tentando colocar coisas legais que vi por lá, que talvez tenha feito na cozinha do hotel, mas quem dará as rédeas por aqui, pelo menos por enquanto será meu namorado, nada mais justo por ser o co criador, não é mesmo?
Agradeço pela paciência de todos e pelo carinho!




E eis aqui que lhes apresento o co criador, meu namorado, vulgo comilão - limpador de panelas de purê, Guilherme!!!

quarta-feira, 16 de março de 2011

Torta de Limão e Merengue!

Na semana do Carnaval uma amiga muito querida veio me visitar, depois de meses e meses que não nos víamos. Foi uma delícia de final de semana, com muitas risadas e fofocas inocentes de amigas antigas!
E para fazer um agrado a ela, fiz uma de suas sobremesas preferidas: Torta de Limão! Procurando por receitas que fugissem daquele padrão leite condensado + limão, acabei encontrando uma similar, mas clássica Lemon Key Pie!!
Infelizmente aqui não se encontram limão Key, e para falar a verdade nem sei como é, só sei que, segundo o livro, são pequenos limões de Flórida Keys, onde a torta foi criada.
Como no recheio iam gemas, não queria jogar fora as claras, resolvi fazer um merengue, de outra receita. Ambas são do incrível livro Cooking: Segredos e Receitas que meu namorado pegou na biblioteca da faculdade para mim, e para ser honesta já está no topo da minha lista de livros mais amados!


Torta de Limão e Merengue
Base
100g de manteiga
225g de biscoito maisena esfarelado – usei rosquinhas de chocolate

Recheio
Suco e raspas de 3 limões Taiti
Suco e raspas de 1 limão Siciliano
3 gemas
1 lata de leite condensado

Merengue
3 claras geladas
85g de açúcar
¼ de colher (chá) de cremor de tártaro
¼ de colher (chá) de essência de baunilha

Pré aqueça o forno a 180 graus. Derreta a manteiga em uma panela em fogo baixo. Junte o biscoito esfarelado e mexa, misturando bem. Retire do fogo e coloque a mistura em uma forma de fundo removível, pressionando bem com as costas de uma colher em toda a base e nas laterais da forma.
Coloque em uma assadeira e leve ao forno para pré assar, por cerca de 10 minutos.
Rala a casca dos limões em uma tigela. Esprema o suco e reserve.
Coloque as gemas na tigela da batedeira com as raspas e bata até a mistura encorpar. Junte o leite condensado e continue batendo por mais 5 minutos. Acrescente o suco reservado e bata novamente até ser incorporado e reserve.
Para o merengue, bata as claras em neve. Salpique o cremor de tártaro e bata mais, acrescentando o açúcar aos poucos. Acrescente a essência de baunilha à ultima colherada de açúcar e bata até o merengue ficar encorpado.
Espalhe o recheio de limão sobre a massa e cubra com o merengue, cuidando para não ultrapassar a borda da massa caso contrário, ficará difícil retirar a torta da forma, depois de assada.
Leve ao forno e asse por cerca de 15 minutos ou até o merengue ficar dourado. Retire do forno, coloque sobre uma grade e deixe esfriar completamente, antes de remover o aro e servir.

Rendimento: uma torta de 23 cm de diâmetro

domingo, 13 de março de 2011

Cookie de Pasta de Amendoim!

Olá pessoal! ;)
Antes de qualquer coisa, aproveito aqui o espaço para falar sobre toda essa tragédia que ocorre com o Japão.
Acredito que o mundo inteiro esteja chocado com tais cenas que vem passando na televisão, a toda hora, em todo canal, cenas que por mais que não queira, me voltam a assombrar. Já vi muitos blogs com posts comentando sobre essa tragédia e é reconfortante saber o quanto as pessoas se importam e o quanto queriam poder fazer alguma, por mínima que seja, para ajudar.
Muitos que me conhecem sabem que minha família mora lá, há mais anos do que eu realmente gostaria que fosse, mas é essa a nossa vida, metade aqui, metade lá, nunca juntos, nunca completos. E é só bater um vento mais forte por lá que já basta para apertar os nossos corações por aqui e rezar para que nada aconteça. Mas dessa vez é diferente, está acontecendo e tudo o que podemos fazer daqui, de tão longe, é rezar, pedir a Deus que nada de ruim aconteça com as pessoas que amamos, rezar por aqueles que enfrentam situações piores e esperar para que tudo acabe. 
Graças a Deus a região onde minha família mora é longe de toda a área afetada, mas sabemos que ninguém está livre, podem vir a ocorrer terremotos ainda, e é com o coração na mão que acompanhamos todos os jornais possíveis, inclusive jornais japoneses, pois mesmo sem entender o que eles dizem, podemos ver o nome das cidades em que eles estão falando.
Sei que muitas pessoas estão passando pela mesma situação que nós aqui em casa, então esse post é dedicado para todos aqueles que estão angustiados com essa tragédia toda, vamos nos juntar, rezar e esperar que nada de mais grave volte a acontecer nesse país já tão ferido pelas tragédias.

À minha família: Marília, João Lucas, Théo Murilo, Anderson, Milena, Nickole, Danilo e ao meu lindo Marinho que está para vir a esse mundo, fiquem com Deus, e saibam que no final tudo acabará bem. Amo vocês.

Agora a receita desse post
Vi esse cookie de pasta de amendoim em um episódio do Bill's Food pelo Fox Life. Sempre tive vontade de comer esse tipo de cookie, corri para pegar um bloco de anotação que sempre fica ao lado da televisão e uma caneta para anotar tudo que ia falando.
Recita super fácil, dessas que em 5 minutos está no forno e mais 15, 20 minutos você já está comendo!!




Cookie de Pasta de Amendoim
2/3 de xícara (115g) de açúcar mascavo
1/3 de xícara (100g) de pasta de amendoim crocante
2 colheres (sopa) de manteiga
1 ovo
1 colher (chá) de essência de baunilha
1 3/4 de xícara (240g) de farinha de trigo
1 colher (chá) de fermento
100g de chocolate picado - usei gotas de chocolate meio amargo

Pré aqueça o forno a 190 graus e forre duas assadeiras baixas com papel manteiga.
Na batedeira, coloque o açúcar mascavo, a pasta de amendoim e a manteiga, bata para que se misturem bem, com a batedeira ligada, adicione o ovo e a essência de baunilha, bata muito bem, até que o ovo seja todo absorvido pela mistura.
Em uma vasilha misture a farinha de trigo, fermento e o chocolate picado. Coloque a mistura de pasta de amendoim na vasilha junto com a farinha, misture tudo muito bem, até que toda a farinha seja absorvida, a massa fica bem pegajosa.
Com a ajuda de uma colher de sopa faça bolinhas com a massa, coloque as na assadeira bem afastadas uma das outras. De uma leve achatada nas bolinhas, se preferir cookies mais finos.
Leve ao forno, por cerca de 12 minutos. Retire os da assadeira e deixe os esfriar em uma grade.

Rendimento: cerca de 25 cookies bem gordinhos.


quarta-feira, 9 de março de 2011

Torta Duo de Legumes!

Carnaval acabou, chega de folga e folia! Particularmente, eu não sou fã de Carnaval, mas nada contra aqueles que pulam os 5 dias de festa.
É hora de colocar tudo em ordem, incluindo o blog. Visitas e comentários atrasados, mas daqui a pouco tudo entra no trilho de novo.

Sabe quando uma receita te encanta mais pelo visual do que propriamente pelo sabor que ela pode ter?
Pois é caí nessa. Vi essa torta na revista da Nestlé e me encantei pelas duas camadas de cores distintas que se formavam depois de assada.
E nesse encanto todo, fiz a torta, uma pequena substituição aqui e ali, e a torta foi para o forno. Quase que a esqueci lá, se não fosse minha mãe me lembrar a torta de duas cores teria apenas uma, terrivelmente preta!
Torta salva (ufa!) hora de conferir como ficou... desânimo a hora, não havia ficado do jeito que tanto queria, com as duas camadas bonitinhas. Passado o primeiro teste, tinha que provar, certo? E ai eu fiquei feliz! O sabor era bem melhor do que eu imaginava.
Então entre mortos e feridos, salvaram se todos e será uma torta feita muitas outras vezes.


Torta duo de legumes
3 ovos
2 xícaras (chá) de leite
1 xícara (chá) de farinha de trigo
1 colher (sopa) de fermento em pó
1 pacote de creme de milho
1 xícara (chá) de couve manteiga cortada
2 cenouras picadas
manteiga para untar

Recheio
200g de frango cozido e desfiado
1/2 xícara (chá) de ervilha congelada
1 pimentão amarelo pequeno, cortado
sal e pimenta do reino a gosto

Em um liquidificador, bata os ovos com o leite, a farinha de trigo, o fermento e o creme de milho. Divida a massa em duas partes. Em uma metade, bata a couve e despeje em uma assadeira untada e enfarinhada. Bata a outra metade com as cenouras até obter um creme homogêneo.
Despeje delicadamente o recheio, espalhando o bem e cubra com a massa de cenoura.
Leve ao forno médio, a 180 graus, pré aquecido, por cerca de 30 minutos ou até dourar.
Sirva em seguida.

Rendimento: fiz meia receita e rendeu uma torta de 24 cm de diâmetro.

quinta-feira, 3 de março de 2011

Pimenta Doce Americana Recheada!

Tenho verdadeira paixão pelo México!! De verdade! Adoro as comidas mexicanas, não só o estereótipo Tex-Mex, mas a real comida mexicana, influenciada pela cultura asteca e maia. Adoro a cultura, enfim, acho que na outra vida fui mexicana! ;)
E inspirada por essa paixão e por tantos livros de gastronomia mexicana que tenho, fizemos para o jantar uma deliciosa pimenta recheada acompanhada de chips de batata frita, mais uma vez inspirada na paixão mexicana por chips de batata doce.
É um pouco difícil de achar a pimenta poblano, como seria a receita original, mas isso não nos impede de fazer com outros tipos, por exemplo, a pimenta doce americana chega bem perto das características da poblano, mas se não tiver, também dá super certo com uma pimenta cambuci ou mesmo um pimentão bem bonito.
O que vale é fazer, seja com o improviso que for.

Viva México!


Pimenta doce americana recheada
6 pimentas doce americana
1 cebola picada
2 dentes de alho picados
1 pimenta malagueta, sem sementes, picada
1 tomate, sem sementes, picado
300g de carne moída
½ colher (chá) de chilli powder – chilli em pó
1 colher (chá) de pimenta calabresa
1 colher (sopa) de salsa de chile chipotle *
150g de queijo Monterey Jack ralado *
Azeite
Sal a gosto

Lave muito bem as pimentas, retire a tampa e reserve as. Com uma faquinha pequena, limpe o interior da pimenta, retirando as sementes e membranas brancas, tomando muito cuidado para não cortar a pimenta, lave por dentro e reserve.
Para o recheio, leve uma panela ao fogo, coloque o azeite e refogue bem o alho e a cebola. Depois que ficarem bem douradinhos, coloque a carne moída, refogue a até que ela solte todo liquido e fique bem sequinha. Acrescente a pimenta bem picada, o tomate, refogue por mais alguns minutos e então acrescente os demais ingredientes, com exceção do queijo. Misture tudo muito bem, retire do fogo e acrescente o queijo, mexendo rápido para não grudar.
Vá recheando as pimentas com a carne moída, apertando bem, deixando a bem cheinha e feche com a tampa reservada. Coloque as em assadeira forrada com papel alumínio e leve ao forno pré aquecido, a 220 graus, por cerca de 30 minutos, ou até que elas assem e fiquem levemente murchinhas.
Retire do forno e sirva as em seguida, acompanhada de arroz branco e batatas chips caseira.

Rendimento: 6 pimentas

*Salsa de chile chipotle é um molho a base da pimenta chipotle. Caso não tenha, substitua por algum molho de pimenta, de sua preferência.

* Como não encontro esse queijo aqui em minha cidade, o substitui por queijo parmesão, porem o mais indicado é substituir por queijo minas padrão.


domingo, 27 de fevereiro de 2011

French Toast Assada!

Dia de faxina em casa é sempre aquele dia em que comemos qualquer coisinha rápida depois que acabamos de limpar a casa inteira.
Na última faxina, nem almoço fizemos, o resultado foi que lá pelas 3 horas da tarde todos estávamos mortinhos de fome e sem ânimo para fazer qualquer coisa, tão pouco.
Abrindo armários e micro ondas a procura de algo para comer, resolvi usar um pão italiano, comprado no dia anterior que já estava ficando durinho e deixa lo gostoso.
Lembrei então de um post há muito tempo visto no blog da Cinara, em que ela fez frech toast assados individuais, foi como se uma lâmpada tivesse acendido em meu cérebro, e vi que isso seria perfeito para matarmos a nossa fome com uma bela xícara de café quentinho.
Para quem não conhece, french toast é como se fosse a nossa rabanada, tão consumida no Natal, faz parte do café da manhã americano, e é simplesmente d-i-v-i-n-o! A base é pão de forma, leite, ovos e baunilha,
Modifiquei bastante, e no final ficou realmente uma delícia, e com aquele gostinho delicioso de ‘quero mais’! Foi o que bastou para me deixar feliz e relaxada no sofá para descansar.




French Toast Assada
2 ovos
1 xícara (chá) de leite
½ colher (chá) de sal
¼ colher (chá) de noz moscada
½ colher (chá) de mostarda em pó
½ xícara (chá) de queijo parmesão ralado grosso
4 fatias de pão italiano – ou pão de forma

Pré aqueça o forno a 180 graus. Corte as fatias de pão italiano e em seguida corte em quadradinhos de mais ou menos 2 cm, ou rasgue com a mão em pequenos pedaços, reserve. Em uma tigela, coloque os ovos, o leite e bata muito bem com um garfo ou fouet, coloque então o sal, a noz moscada, a mostarda em pó e o queijo ralado, misture bem, para que todos os temperos se misturem a mistura de leite e ovos. Coloque então o pão picado nessa mistura, pressionando o para que absorva todo o líquido. Coloque então o pão em 4 ramequins ou tigelinhas que possam ir ao forno e coloque os em uma assadeira. Leve ao forno por mais ou menos 20 minutos ou até que esteja corado e que, enfiando um palito, ele saia relativamente limpo. Sirva em seguida

Rendimento: 4 french toasts

sexta-feira, 25 de fevereiro de 2011

Manjar Branco!

Esses dias me bateu aquela vontade de comer um doce, mas tinha que ser doce com cara de sobremesa. Comecei a abrir armários e geladeira, ver livros de confeitaria e afins, até que me lembrei que faziam anos  que não comia um manjar de coco.
Para minha sorte, tinha tudo que precisava e comecei a prepará lo. Só faltava a cobertura. Lembrei de um pacote de cerejas congeladas que tinha desde o Natal e resolvi dar uma cara diferente ao manjar com uma calda de cerejas e vinho do porto.
Invenção de última hora que ficou bem gostosa!
Sobremesa ótima para quando surge aquela visita inesperada ou simplesmente aquela vontade de comer um docinho.

Infelizmente a foto não faz jus a delícia que ficou tanto o manjar quanto a sobremesa.


Manjar Branco
1/2 lata de leite condensado
200ml de leite de coco
200ml de leite
1/2 xícara (chá) de coco ralado
2 1/2 colheres (sopa) de amido de milho

Calda
cerca de 10 cerejas, sem caroço, picadas
2 colheres (sopa) de açúcar
50ml de água
50ml de vinho do porto
1 colher (sopa) de amido de milho

Para o manjar, dissolva o amido de milho no leite, coloque em uma panela, junto com o leite condensado e o leite de coco. Leve ao fogo brando e cozinhe até engrossar - fica parecendo um mingau bem grosso. Retire do fogo, acrescente o coco ralado e misture bem. Coloque a mistura em uma forma de buraco o meio, levemente untada com óleo.
Leve a geladeira, por no mínimo 2 horas, ou até endurecer.
Para a calda, dissolva o amido na água e leve ao fogo, junto com o açúcar e as cerejas picadas.
Cozinhe por cerca de 10 minutos, ficando com uma consistência de geléia, mas deixando ainda uns pedaços de cereja. Coloque o vinho do porto, cozinhe por mais 1 minuto e desligue. 
Espere amornar e então cubra o manjar já desenformado. 
Leve a geladeira até a hora de servir.

terça-feira, 22 de fevereiro de 2011

Brownie de Cacau !

Visitar amigos que não vemos há algum tempo é uma delícia, ainda mais quando o almoço é feito especialmente pra você!
Há uns dias atrás fui visitar uma colega que tem absoluta paixão por brownies, e par agrada la resolvi fazer alguns para ela. Já fiz alguns brownies em casa, mas nenhum que me fizesse suspirar quando comesse, então fui procurar na internet, queria uma receita densa e úmida, mas que não fosse chocolate em barra, ânimo zero para encarar fila de supermercado, e para minha surpresa achei a receita perfeita, tudo que eu precisava e ainda tinha a garantia que ficaria delicioso por ter sido feito pela Patricia.
Resultado: se tornou meu brownie preferido e como a Pat disse, eles acabaram tão rápido que minha amiga quase ficou sem.
No dia seguinte levei uma caixinha para ela, deixando a super feliz, que no final é o que me deixa mais feliz ainda!


Brownie de Cacau
140g de manteiga sem sal, em temperatura ambiente

1 ¼ xícaras (250g) de açúcar refinado


¾ xícara + 2 colheres (sopa) – 80g de cacau em pó, sem adição de açúcar


¼ colher (chá) de sal


½ colher (chá) de extrato de baunilha


2 ovos grandes gelados

½ xícara (70g) de farinha de trigo

2/3 xícara de nozes picadas



Unte com manteiga uma forma quadrada de 20cm ou uma forma de bolo inglês grande, forre-a com papel alumínio deixando um pouquinho para fora da forma, formando “alças” de mais ou menos 5cm. Unte o papel com manteiga, mas não as “alças”. Reserve.

Coloque a manteiga em um refratário, de preferência de vidro, e leve ao banho-maria até derretê-la. Em seguida, acrescente o açúcar e o sal e misture bem. Em seguida, acrescente o cacau em pó e misture muito bem até obter uma massa homogênea. Retire a tigela do banho-maria e deixe amornar.

Adicione a baunilha e misture com uma colher de pau, assim como a Pat disse, prefiro uma espátula de silicone. Acrescente os ovos, uma um, mexendo vigorosamente a cada adição – quando a massa estiver brilhante e homogênea, junte a farinha e misture muito bem até que você não consiga mais ver o ingrediente na massa. O segredo aqui é bater muito bem mesmo! Acrescente as nozes e misture. Espalhe a massa uniformemente na forma preparada. Leve ao forno pré aquecido à 180 graus, asse por cerca de 20 a 25 minutos ou até que um palito mergulhado no centro do brownie saia úmido com um pouquinho de massa. Deixe esfriar completamente sobre uma gradinha.

Retire o brownie da assadeira com o auxílio das “alças” de papel alumínio e corte em quadradinhos. Remova o papel com cuidado e sirva.



Rendimento: não tinha uma assadeira quadrada pequena, então usei uma grande de bolo inglês, que me rendeu 12 quadrados altos.



domingo, 20 de fevereiro de 2011

Bolo de Café e Cacau!

Sabem aquele dia em que as amigas se reúnem para passar a tarde juntas e colocar as fofocas em dia? Pois é, minha mãe e suas amigas tiveram um dia desses, com direito a muita conversa, risada e uma tarde de artesanato, de tricô a pintura, passando de crochê a patchwork.
É sempre muito divertido, mas tem que ter aquela pausa para o café, e foi pensando nisso que fiz esse delicioso bolo, primeiramente visto no blog da Talita e depois no Amehlia, então tinha que ser mais uma adepta desse bolo. E não me arrependi!
Tem realmente aroma e sabor de café, embora da próxima vez que o fizer, colocarei menos cacau, assim o café dominará ainda mais!


Bolo de Café e Cacau
100g de manteiga sem sal, em temperatura ambiente

190g de açúcar
1/2 colher (chá) de sal
2 ovos grandes, em temperatura ambiente
200g de farinha de trigo
15g de cacau em pó
150ml de café forte sem açúcar, frio
20ml de rum
2 e 1/2 colher (chá) de fermento em pó
cacau para polvilhar a forma
açúcar de confeiteiro para polvilhar

Bata a manteiga com o açúcar e sal até formar um creme claro e fofo. Acrescente os ovos, um a um, batendo bem após cada adição.
Misture a farinha e o cacau e junte à massa intercalando com o café e o rum. Bata só até incorporar. Junte o fermento em pó e misture delicadamente com uma espátula. Não misture demais.
Unte e polvilhe uma assadeira com cacau, coloque a massa e asse por cerca de 30 minutos ou até que furando com um palito, este saia limpo.

Rendimento: 1 bolo em forma inglês de 23 x 9 cm e 1 bolo pequeno em forma de 13 cm de diâmetro.



quinta-feira, 17 de fevereiro de 2011

Crespelle com Espinafre e Ricota!

AMO espinafre!! Para mim ele combina com tudo, seja um prato elaborado, uma torta, um simples refogado, salada e nessa massa não foi diferente.
Crespelle, para mim, nada mais é do que uma panqueca bem recheada feita de uma forma diferente, ficando com um jeito de massa de domingo. E pesquisando pela internet, descobri que é exatamente isso, uma panqueca italiana.
Com algumas modificações, usamos ricota defumada, para quem mora em uma cidade pequena vai entender, estava andando pelo supermercado e encontrei um pedacinho de ricota defumada a um preço acessível, e isso, em uma cidade como Indaiatuba é raridade, não podia deixar passar, então resolvi a usar nessa receita, o sabor ficou uma delícia, um defumado bem suave, o único porém é que não teve aquele efeito de queijo gratinado, mas mesmo assim ficou uma delícia.
Recomendo que façam essa massa, crespelle ou panquequinha, ou o nome que quiserem dar, não vão se arrepender.


Crespelle com Espinafre e Ricota
250ml de leite
3 ovos
120g de farinha de trigo
20g de manteiga derretida
1 colher (chá) de sal

Recheio
1 maço de espinafre
250g de ricota
120g de mascarpone (usei requeijão cremoso)
80g de parmesão fresco ralado (usei ricota defumada ralada)
1 dente de alho
50g de manteiga
1 colher (sopa) de azeite
noz moscada ralada na hora
2 colheres (sopa) de farinha de rosca
sal e pimenta do reino a gosto

Cozinhe o espinafre no vapor e escorra o, fazendo pressão com as mãos e em seguida pique o, reserve.
Enquanto isso prepare a massa, em um recipiente, coloque a farinha de trigo, faça uma depressão e junte os ovos, o sal e a manteiga derretida. Misture tudo com um fouet. Adicione o leite e continue batendo, cuidado para que não se forme grumos. Cubra com filme plástico e deixe descansar por 1 hora.
Para o recheio, aqueça em uma frigideira o azeite, metade da manteiga e o alho picado. Coloque o espinafre e seque o bem no fogo médio, junte a noz moscada e tempere com sal e pimenta. Deixe esfriar e, em seguida, junte a ricota, o mascarpone, (no meu caso, o requeijão) a farinha de rosca e metade do parmesão ralado. Corrija os temperos, se necessário.
Prepare os crespelles em uma pequena frigideira antiaderente, devendo ficar bem finos. 
Distribua um pouco de recheio sobre cada disquinho e enrole a como uma panqueca bem fechada.
Corte as panquecas no sentido do comprimento, em 4 ou 5 partes, dependendo do tamanho. (Eu as cortei com mais ou menos a grossura de dois dedos)
Unte um refratário com manteiga e coloque os pedacinhos cortados da panqueca em pé. Depois de preencher todo o refratário, polvilhe o restante do parmesão e pedacinhos da manteiga restante.
Leve ao forno, a 200 graus, para gratinar por 10 minutos.
Sirva ainda quentinho!

Rendimento: 16 panquecas inteiras




domingo, 13 de fevereiro de 2011

Cupcakes!

Enquanto me preparo para fazer uma fornada bem gostosa de cupcakes, venho aqui mostrar o meu mais novo mimo na cozinha.


Esse lindo pano de prato de cupcakes de patchwork bem coloridos foi feito pela minha mãe, de presente, depois de tanto que eu fiquei a azucrinando pedindo por um.
Depois de escolhido o modelo e os tecidos, lá fomos nós duas cortar, costurar e se encantar!



Um belo mimo para servir cupcakes fresquinhos e gostosos, não acham??